ALENBIO

O blogue da cultura e das culturas. Da cultura de quem vive e sente o pulsar da Terra. E das culturas que vivificam a terra e o sonho de quem de afectos a semeia para depois, ternamente, lhe pedir o fruto.

sexta-feira, maio 05, 2006

PARA PENSAR...

Um poema árabe conta que uma gota de água, ao cair no mar, exclamou:
- Ó mar! Que pouco sou diante da tua imensidade!
Esta gota foi recolhida e alimentada por uma concha. Lá se transformou numa pérola esplêndida que acabou por brilhar na coroa de um rei.
Viva, visível, preciosa e única - por se ter afirmado nada.
in Tertúlia de Mentirosos, contos filsóficos do mundo inteiro



Sentado em paz, sem fazer nada, a Primavera chega e a erva cresce sozinha.


Ditado Zen



Moldamos barro para fazer um pote, mas é o seu vazio interior que conserva o que quisermos.


Tao Te Ching



[...] Toda a Lua e todo o céu se reflectem numa gota de orvalho na erva.


Dogen

1 Comments:

At 06 maio, 2006 21:15, Blogger Cantar ao Sol said...

Que lindos estão os campos.
O roxo, o amarelo e o branco enchem a paisagem... porque a Primavera chegou e a terra animou-se de vida.
É bom viver no campo...

 

Enviar um comentário

<< Home

Exercise